IBM Bluemix: conheça a plataforma que está revolucionado o desenvolvimento de aplicativos

IBM Bluemix: conheça a plataforma que está revolucionado o desenvolvimento de aplicativos

Na última semana, entre 9 e 13 de novembro, Belo Horizonte foi palco do Finit (Feira Internacional de Negócios, Inovação e Tecnologia). Durante a programação, os alunos do UNI-BH que integram a célula de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) da OneForce, apresentaram aos visitantes os projetos que já foram realizados utilizando a plataforma IBM Bluemix – entre eles, o aplicativo que identifica os sentimentos dos usuários a partir de mensagens compartilhadas no Twitter.

Nest post, o Consultor de Engenharia de Software e Líder da iniciativa de P&D da OneForce, Tiago Moura, vai explicar o que é o IBM Bluemix e por que ele está por trás das inovações do CAMSS Group no mercado de aplicativos móveis.

AGILIDADE DE STARTUP

Hoje, sua empresa é capaz de entregar um aplicativo produzido do zero em apenas quatro dias? Parece improvável, mas o desafio foi feito pela IBM ao Especialista em Tecnologias Emergentes, Ben Miller, que, neste prazo curto, desenvolveu um aplicativo capaz de indicar aos usuários a melhor região de Londres para se morar considerando suas características pessoais e preferências.

“Essa foi uma condição extrema criada pela IBM para mostrar o potencial da plataforma. Considerando a realidade da OneForce, em apenas dois meses entregamos um aplicativo cognitivo para análise de sentimentos no Twitter. Ou seja, é possível reduzir vários meses de desenvolvimento – em média seis – a poucas semanas e ainda assim oferecer apps com tecnologias de ponta, inteligentes e capazes de criar experiências únicas aos usuários”, detalha Tiago.

COMO?

Para começar, é preciso entender que o IBM Bluemix é uma plataforma em nuvem que permite construir, gerenciar e executar aplicações. Vale destacar que, apesar de estarmos focando em mobile, o mesmo vale para aplicações web, big data, dispositivos inteligentes, entre outras. Construído utilizando o Cloud Foundry – uma plataforma para serviços em nuvem de código aberto – o Bluemix é uma implementação da arquitetura de nuvem aberta da IBM.

“Por ser uma plataforma aberta, garante flexibilidade aos desenvolvedores, já que não está atrelada a nenhum framework específico ou linguagem ou mesmo infra-estrutura e tecnologia. Além disso, permite uma expansão natural do ecossistema à medida em que a comunidade de desenvolvedores cria novas ferramentas e essas são incorporadas à biblioteca de soluções”, explica Tiago. Para se ter uma ideia, atualmente o IBM Bluemix já conta com mais de 150 APIs à disposição dos desenvolvedores.

Além das APIs, há diversas outras tecnologias da IBM e de terceiros que podem ser conectadas para produção de novos aplicativos ou para aprimorar os já existentes. Entre elas estão o suporte às linguagens de programação mais populares (Java™, Ruby, Javascript, Python…), nuvens (públicas, privadas, VMWare e baseadas em OpenStack) e os próprios serviços de aplicativos (MySQL, MongoDB, PostgreSQL, Redis, RabbitMQ…).

“Sem contar que, neste ambiente integrado de desenvolvimento, ainda é possível ter acesso a um catálogo extenso de serviços como Internet das Coisas, IBM Watson, computação cognitiva, gerenciamento de API, notificações PUSH, entre outros. O desenvolvedor tem segurança para integrar com serviços de terceiros sem a necessidade de construir as aplicações do zero, o que torna o processo muito mais ágil”, explica Tiago.

FOCO NO DESENVOLVIMENTO

O fato de provisionar um ambiente de desenvolvimento em poucos minutos também explica porque o IBM Bluemix ganha cada vez mais reconhecimento como opção para redução do time-to-market dos negócios. “Preocupações comuns como infra-estrutura de harware, instalação de software, disponibilidade de servidores e escolha de imagens de máquinas virtuais, por exemplo, já não existem mais. Está tudo disponível na plataforma. Basta selecionar os serviços necessários para suportar a aplicação e iniciar o desenvolvimento”, detalha Tiago.

Não é por acaso que em pesquisa recente da IBM, o Bluemix apresentou taxa de crescimento média cinco vezes maior do que outros líderes no mercado de PaaS.

Quer saber mais sobre o IBM Bluemix? Temos uma equipe de especialistas pronta para tirar suas dúvidas. Basta entrar em contato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *