Criando uma organização ágil

Criando uma organização ágil

Sua empresa se deu conta de que é hora de iniciar a transformação ágil dos processos e equipes, mas não sabe por onde começar? Participei de um webcast promovido pela IBM em parceria com a empresa Blue Agility e vou destacar em uma série de 3 posts os principais insights compartilhados pelo especialista em Agile Transformation, Anthony Crain.

Com mais de 20 anos de experiência na área de TI, Crain fez a mesma apresentação durante o IBM InterConnect 2017, realizado em março na cidade de Las Vegas, nos Estados Unidos. Nós também estávamos lá e acompanhamos várias discussões em torno do universo de Agile.

Se você quiser ter acesso ao webcast completo, basta se cadastrar no site www.imwuc.org e procurar pelo título: Creating Agile Organizations.

 

GAMIFICAÇÃO DA TRANSFORMAÇÃO ÁGIL

 

Uma das principais propostas de Crain é tornar mais didática e, por que não, divertida a trajetória de transformação da cultura e dos processos. Nada melhor do que a gamificação para garantir que isso ocorra, não é mesmo? Basicamente o que ele propõe é que sejam distribuídos “badges”, ou selos, para cada habilidade conquistada pelas pessoas que estão envolvidas no processo.

Selos distribuídos para equipes ágeis durante processo de transformação agile - gamificação

Selos distribuídos para equipes ágeis durante processo de transformação agile – gamificação

Os profissionais passam então a ganhar pontuação pelas atividades desempenhadas que os esteja aproximando, assim como à organização, de um cenário de Agile. Antes de iniciar, é importante deixar claras as regras do jogo para que todos saibam o que precisa ser feito para avançar.

Por isso, para cada novo badge almejado, é realizado um workshop com a equipe envolvida para detalhamento das melhores práticas previstas por aquele selo. As habilidades e os comportamentos que se espera desenvolver são apresentados e, cientes de todos eles, as equipes trabalham para conquistá-los. O reconhecimento vem por meio da entrega do selo referente àquele requisito cumprido.

Me parece um ótimo incentivo para motivar as pessoas e garantir que elas se envolvam verdadeiramente na rotina de transformação. Além disso, cria uma visão muito clara e objetiva do que precisa ser feito para se estabelecer uma base sólida e eficiente de mudança.

Também auxilia em uma questão que discutimos neste post que é exatamente a importância de se estabelecer um “agile mindset”, ou seja, uma mentalidade ágil. Não se trata portando de adotar pura e simplesmente as práticas em torno dos frameworks.

Na gamificação proposta por Crain, todas as pontas, sejam referentes à equipe, ao portfólio e até à reprodução junto a outros times, são contempladas. A distribuição dos badges é feita em 4 níveis:

 

  • Treinamento de equipes – 54 selos
  • Treinamento de um programa de equipes – 15 selos
  • Treinamento da equipe de portfólio – 10 selos
  • Treinamento de uma equipe de Transformação Ágil – 12 selos

 

Outro detalhe importante aqui é que, conquistados os primeiros badges, já é possível estimar quanto tempo o time levará para finalizar todas as etapas. A precisão das estimativas se torna cada vez maior à medida em que novos selos são distribuídos, dando à empresa uma visão clara do tempo necessário para alcançar os objetivos traçados.

Como o webcast foi voltado principalmente para quem está iniciando essas iniciativas, Crain se limitou a detalhar os 12 selos relacionados ao treinamento de uma equipe especificamente voltada para conduzir a Transformação Ágil.

Os 12 badges são:

1 – Formação de um time que estará à frente da transformação ágil

2 – Modelo sustentável de treinamento

3 – Gestão de equipes-piloto

4 – Aceleração da cultura de mudança

5 – Métricas de transformação

6 – Gerenciamento do crescimento das habilidades

7 – Melhoria contínua

8 – Comunidades de prática

9 – Equipes de alta performance

10 – Programas de alta performance

11 – Gerenciamento de portfólio ágil

12 – Equipes de transformação de alta performance

No próximo post vamos detalhar cada um deles. Continue acompanhando nosso blog para saber mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *