Quais os principais desafios das empresas com as equipes de TI

Quais os principais desafios das empresas com as equipes de TI

A Tecnologia da Informação (TI) é uma das áreas laborais em tendência no mercado de trabalho atual, no qual empresas buscam funcionários qualificados e multitarefas, capazes de modernizar processos, otimizando ganhos e tempo. Mas, em um ambiente tão competitivo, em que os profissionais de TI estão de forma recorrente entre os chamados “empregos do futuro”, como montar e gerir a equipe ideal?

O desafio de montar o melhor time de TI possível para uma empresa é uma tarefa a ser dividida tanto pelo RH, responsável por selecionar os profissionais certos para o perfil da empresa, quanto para a própria equipe, que deve atuar em conjunto em prol do todo. O trabalho de TI não pode ser feito à parte do que a empresa realiza. Confira cinco pontos cruciais para montar uma boa equipe de TI.

Encontrar pessoas qualificadas

Pode parecer senso comum, afinal em companhias de qualquer segmento o empregador busca por profissionais qualificados. No entanto, como a área de Tecnologia da Informação está em ascensão, segundo a consultoria Gartner no ano passado o mercado avançou 9,6% apenas no primeiro semestre, a competição no mercado para ter os melhores funcionários tem se acirrado. O Estudo de Remuneração 2017, da Michael Page, indica aumento salarial para diversos profissionais da área, variando de 11% a 100%, no caso de cargos de gerência.

Equipe de TI

Ao montar uma equipe de TI, é necessário considerar o perfil de cada pessoa, se são introvertidas ou extrovertidas, individualistas ou com bom trabalho em equipe, metódicas e organizadas, entre outros. É natural que cada profissional tenha suas preferências e características próprias e, para se obter o melhor rendimento da equipe, é preciso respeitar o espaço desses empregados, ao mesmo tempo integrando-os ao máximo para o melhor resultado coletivo.

Habilidades

Analistas, programadores, desenvolvedores e ainda cargos de gerência. A área de TI é muito abrangente e em constante mudanças, devido as novas tecnologias que são apresentadas ao mercado. Por isso, é essencial saber em uma equipe de TI quais os pontos fortes e fracos de cada profissional, quais as tecnologias/programas eles estão mais familiarizados e confortáveis para trabalhar. Montar uma equipe com harmonia técnica é um diferencial chave para solucionar os desafios do segmento.

Ambiente de trabalho

O trabalho de um profissional de TI pode ser desgastante, uma vez que passar horas na frente de um computador em busca de soluções para problemas não é tarefa fácil. Uma boa alternativa que novas empresas e, principalmente, as startups têm adotado, é um ambiente de trabalho mais despojado, que ofereça ao trabalhador locais de descanso, seja com sofá, televisão, uma área ao ar livre e até mesmo jogos. Dar a liberdade para que o colaborador possa utilizar bem um momento de descanso para que, em seguida retome o trabalho com uma melhor produtividade, pode ser uma solução inteligente para melhorar o rendimento da equipe.

Home office

Um regime de trabalho que tem crescido nos últimos anos é o home office. A prática surgiu com profissionais de diversas áreas que atuam como freelancers e recentemente chegou também para aqueles que possuem emprego fixo e tem a possibilidade de realizar suas tarefa de modo remoto, como em um computador, no caso de um profissional da área de TI.

Trabalhar em casa é mais cômodo e pode ajudar a evitar o estresse. No entanto, mesmo em home office, é primordial manter dois aspectos ativos: o espírito de time, para que o empregado não se torne um ser individual em todo o processo de desenvolvimento de soluções de TI (normalmente realizadas por mais de um profissional); e a comunicação. Ao não estar no mesmo ambiente de trabalho que os demais colegas, é necessário redobrar a atenção com a comunicação, ser proativo, responder e-mails e chats para manter o nível de qualidade do trabalho.

Além de se preocupar com os desafios das equipes de TI, é preciso repensar os modelos de gestão de projetos. Confira como e por quê essas mudanças devem ser feitas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *